histórias
relacionadas
  • Seção de Desenho e Fotografia
todas as histórias

Hospital da Santa Casa de S. Paulo

E a Faculdade de Medicina

O Hospital da Santa Casa esteve associada à Faculdade de Medicina até a inauguração do Hospital das Clínicas em 1944

Até a inauguração do Hospital das Clínicas, em 1944, o hospital associado à Faculdade de Medicina de São Paulo foi o da Santa Casa de São Paulo, localizado na Rua Dr. Cesário Mota, 112, no Largo do Arouche, centro da cidade. Após funcionar na Rua da Glória, no bairro da Liberdade, o hospital da Santa Casa foi inaugurado neste novo local em 31 de agosto de 1884, com projeto concebido pelo arquiteto Luiz Pucci.

Lilly Ebstein Lowenstein frequentava o Hospital da Santa Casa, onde realizava ilustrações de cirurgias e outros procedimentos e acompanhava o trabalho dos professores de medicina. Ao encerrar-se a década de 1920, e em apenas quatro anos de trabalho, Lilly tinha um lugar consolidado e prestigiado na Faculdade de Medicina e no Hospital da Santa Casa. Ela participava do ensino, da pesquisa e das publicações de alguns dos seus mais importantes professores e pesquisadores, o que a credenciaria, em 1932, a se tornar desenhista fotomicrógrafo-chefe da Seção Técnica de Desenho e Fotografia.

A Santa Casa de São Paulo mantém atualmente um museu. Mais informações no site.

Lilly Ebstein Lowenstein (1897-1966) viveu entre a ciência e a arte, desenhando e realizando fotografias nos campos da medicina e da zoologia. Em seu trabalho, Lilly conjugava o conhecimento técnico da fotografia e do desenho, o estudo das ciências e um notável talento estético. Nascida na Alemanha, ela estudou na Escola Lette-Verein em Berlim entre 1911 e 1914. Em 1925 imigrou com o marido e dois filhos para São Paulo. Em 1926, tornou-se desenhista e fotomicrógrafa da Seção de Desenho e Fotografia na Faculdade de Medicina (USP, a partir de 1934), da qual seria chefe por trinta anos a partir 1932. Entre 1930 e 1935 Lilly foi colaboradora do Instituto Biológico de Defesa Agrícola e Animal, principalmente da sua Seção de Ornitopatologia. Uma vida com arte dedicada à pesquisa e difusão da ciência.